top of page

Situação na maior usina nuclear da Europa localizada na Ucrânia está fora de controle

Europa em alerta nuclear: Especialistas não descartam a possibilidade de uma catástrofe.


Foto: Usina nuclear de Zaporizhzhia, Ucrânia- foto reprodução internet


Por: Juliana Steuernagel/ UK


Depois que as forças russas ocuparam uma usina nuclear ucraniana em março, a situação se deteriorou, disse o chefe de energia nuclear da ONU.


Especialistas afirmam que a usina nuclear de zaporizhzhia ocupada pela Ucrânia, a maior da Europa e extremamente vulnerável" ao colapso depois que Rafael Grossi, chefe da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) disse que todas as medidas de segurança foram "violadas" pelas forças russas.


Se a usina perder a energia da rede devido a um potencial aumento de combates na área, geradores de backup e baterias ainda são insuficientes para resfriar, não apenas os seis reatores, mas grandes piscinas de combustível altamente radioativo, disse Shaun Burnie, especialista nuclear do Greenpeace do Leste da Ásia.


Somando-se a essas preocupações está a notícia de que as forças russas estão usando Zaporizhzhia como depósito de armas e uma cobertura para lançar ataques.


O secretário de Estado dos EUA, Anthony Blinken, disse que a Rússia estava usando o local nuclear como o "equivalente a um escudo humano" em uma reunião da ONU sobre a não proliferação nuclear esta semana.


Situação que preocupa não só a Ucrânia mas também os países vizinhos europeus.

Comments


bottom of page