top of page

Sem Pânico para a Ômicron, alertam médica que descobriu a variante e o Ceo da Biontech/Pfizer

Omicron: Dra. Angelique Coetzee, a médica sul-africana que detectou os primeiros pacientes com a nova variante e CEO da BioNTech/Pfizer alertam a população para não entrar em pânico.



Por: Juliana Steuernagel/ Reino Unido


Dra. Angelique Coetzee, foi a médica que detectou os primeiros pacientes com a variante Omicron na África do Sul, na região metropolitana de Pretoria.


Em recente entrevista, a médica disse que apenas 2 pacientes testados positivos para a nova variante precisaram de hospitalização e se encontram em bom estado.


Os outros pacientes que a Dra Angelique Coetzee e sua equipe médica atenderam apresentaram sintomas médios e estão se recuperando em casa.


A médica afirmou que por enquanto, o que se pode dizer sobre a Omicron é que essa variante é definitivamente transmissível, porém, tratável.


Ughur Sahin, CEO da BioNtech que esta desenvolvendo as vacinas com a Pfizer disse que as pessoas “não devem entrar em pânico” pois a vacina é com certeza eficaz contra a Omicron.


Ele disse ainda que a preocupação é com aqueles que não receberam a vacina e estão vulneráveis.


Fique atento para os principais sintomas da Omicron apresentados até agora.


No momento, a Organização Mundial da Saúde diz que não há evidências de que os sintomas do Omicron sejam diferentes dos de outras variantes.


Isso significa que uma nova tosse, febre e perda de paladar ou olfato ainda são os três principais sintomas a serem observados.


Hospitais na África do Sul estão recebendo mais jovens admitidos com sintomas mais graves - mas muitos não são vacinados ou tiveram apenas uma dose.


Isso sugere que obter duas doses e uma dose de reforço é uma boa maneira de proteger contra doenças causadas pela nova variante, bem como todas as outras variantes.

bottom of page