top of page

Rússia ameaça lançar mísseis nas bases da OTAN se EUA não parar de armar a Ucrânia

Rússia alerta EUA para parar de armar Ucrânia e ameaça atacar bases da OTAN com mísseis a qualquer momento.


Finlândia se prepara para uma possível invasão Russa e Portugal envia tropas de elite a Romênia.




Reportagem especial de Juliana Steuernagel/ Reino Unido


A Rússia alertou os EUA para parar de enviar armas para a Ucrânia, advertindo para “consequências imprevisíveis” se continuarem a fazê-lo.


A Rússia disse que os carregamentos americanos e da OTAN das armas “ mais sensíveis” estavam “ adicionando combustível ao conflito “que agora está chegando ao seu segundo mês.


A nota de duas páginas foi entregue depois que Biden concordou com uma nova entrega de US$ 800 milhões em ajuda militar à Ucrânia, incluindo artilharia pesada e granadas, helicópteros e veículos blindados.


“O que os russos estão nos dizendo em particular é precisamente o que temos dito publicamente ao mundo que a enorme quantidade de assistência que estamos fornecendo aos nossos parceiros ucranianos está se mostrando extraordinariamente eficaz”, disse um alto funcionário do governo americano sobre a nota.


Portugal enviou esse final de semana 222 tropas de elite para reforçar a segurança das fronteiras da Romênia.


Na Scandinavia a preocupação está concentrada na fronteira de Vyborg na Rússia que faz divisa com a Finlândia.


Vários veículos militares russos estão sendo vistos na fronteira dos dois países a medida que as tensões sobre a entrada da Suécia e da Finlândia na OTAN se intensificam.


A Finlândia divide uma fronteira de 1.344 km com a Rússia. O governo russo já afirmou que se esses dois países se unirem a OTAN ataques de mísseis hipersônicos não serão descartados.


A Finlândia está treinando militares e reservistas e já está orientando a população em relação a uma possível invasão que poderá acontecer sem aviso.


Soldados finlandeses em treinamento


Veículos militares russos em Vyborg fronteira da Rússia com a Finlândia

Commentaires


bottom of page