top of page

Presidente da Ucrânia abre processo internacional contra a Rússia na ONU


Foto: reprodução


Por: Juliana Steuernagel/ UK


A Ucrânia entrou com uma ação contra a Rússia no Tribunal Internacional de Justiça da ONU em Haia, disse o presidente Volodymyr Zelenskiy, o tribunal que resolve disputas entre Estados em relação ao direito internacional.


O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy, disse que pediu ao secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, que retire a Rússia de seu voto no Conselho de Segurança da ONU como punição por invadir a Ucrânia.


“Privar o país agressor do direito de voto no Conselho de Segurança da ONU, qualificar as ações e declarações russas como genocídio do povo ucraniano, ajudar na entrega de cadáveres de soldados russos.


Falei sobre isso em uma conversa com o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres”, escreveu Zelenskyy no Twitter.


Vários diplomatas disseram que esperam uma maioria, com mais de 100 membros da ONU votando a favor da resolução.


Na votação da Assembleia Geral, nenhum dos 193 membros da ONU tem direito de veto, mas as resoluções não são vinculativas.


Devido à situação na Ucrânia, o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, cancelou uma viagem a Genebra para discursar no Conselho de Direitos Humanos na segunda-feira e permanecerá em Nova York, disse seu porta-voz Stephane Dujarric.

bottom of page