top of page

Lavoga Urgente: Israel em Estado de Emergência: Sirenes de alerta soaram durante toda a noite e madrugada.

99% dos drones e mísseis interceptados pelo trabalho conjunto de forças aéreas europeias e Israelitas evitaram uma tragédia em grande escala.


Imagem reprodução


Por: Juliana Steuernagel/ UK


O ataque com drones marca a primeira vez que um ataque militar direto foi lançado por Teerã contra Israel, apesar de décadas de inimizade que remontam à Revolução Islâmica de 1979 no país.


Foto: Drones e missies iranianos interceptados em Israel. Imagem reprodução


99% dos mais de 300 drones iranianos que rastrearam Israel foram abatidos por interceptação aérea militar. Alguns dos drones foram abatidos na Jordânia (país vizinho).


A morte de uma criança de 10 anos foi confirmada, mas o número de feridos ainda não.


O Ataque foi uma retaliação ao recente ataque israelense contra a embaixada iraniana em Damasco, na Síria.


Imagem Reprodução


Aviões da força aérea britânica, segundo o primeiro-ministro Rishi Sunak, participaram da operação de interceptação de grande parte dos drones e mísseis que foram lançados contra Israel na noite passada.


Reuniões de segurança nacional e internacional estão ocorrendo na maioria dos países da Europa e nos EUA, de acordo com a Casa Branca em Washington.


Alemanha pede desescalada no conflito militar Irã-Israel


"A espiral da escalada deve ser quebrada; devemos trabalhar juntos para acabar com a violência", disse a ministra das Relações Exteriores Baerbock após reunião de crise.


Foto: Ministra das Relações Exteriores da Alemanha, Annalena Baerbock.


Além disso, o porta-voz do governo alemão, Steffen Hebestreit, disse: "O chanceler Olaf Scholz condenou nos termos mais fortes possíveis os pesados ataques aéreos em território israelense lançados esta noite pelo regime em Teerã.


Com este ataque irresponsável e injustificável, o Irão arrisca uma conflagração regional. Nestes tempos difíceis, a Alemanha está ao lado de Israel. Agora discutiremos mais reações de perto com nossos parceiros e aliados do G7."


A Alemanha é um forte apoiante do Estado judeu como resultado de seu passado nazista e também é o segundo maior fornecedor de armas para Israel, depois dos Estados Unidos.


Tensão na Europa: Governo Alemão fez hoje reunião extraordinária pedindo a desescalada da crise no Oriente Médio.


França e Reino Unido também realizam importantes reuniões durante o final de semana.




*Lavogacompass é uma organização decentralizada formada por jornalistas independentes que tem o compromisso com a verdade.

1 Comment


Guest
há 2 dias

Seria bom se colocassem data nos posts.

Like
bottom of page