top of page

Expansão do BRICS incluindo a Argentina e a desdolarização foram assuntos significativos na reunião


Imagem: Reprodução Instagram


Por: Juliana Steuernagel/UK

A inclusão da Argentina no BRICS é importante segundo o presidente Luis Inacio Lula da Silva.


“O FMI só se envolve nos países latino-americanos e africanos quando já estourou uma crise”, destacou o presidente.

Na terça-feira, o presidente brasileiro Lula , expressou o seu apoio à inclusão da Argentina nos BRICS, um bloco de cooperação econômica liderado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.


Em um discurso virtual proferido na terça-feira (22 de agosto), Putin, presidente da Rússia disse ao fórum:

“Cooperamos com base nos princípios de igualdade, apoio à parceria, respeito pelos interesses uns dos outros, e esta é a essência do curso estratégico orientado para o futuro da nossa associação, um caminho que atenda às aspirações da maior parte da comunidade mundial, a chamada maioria global.


Putin ataca o dólar americano, mais uma vez

No seu discurso, ele disse que o dólar americano estava perdendo o seu papel global num processo “objetivo e irreversível”. Disse o presidente do maior país do mundo peça chave juntamente com o Brasil no desenvolvimento de novas estrategias comercias e de negócios globais juntamente com a Índia, a China e a África do Sul.


A desdolarização está “ganhando impulso”, disse ele, acrescentando que os membros do grupo das principais economias emergentes estão tentando reduzir a sua dependência do dólar nas transações mútuas.


O líder russo disse que as cinco nações – Rússia, China, Índia, Brasil e África do Sul – estão se tornando os novos líderes econômicos mundiais e que a sua quota cumulativa do PIB global atingiu 26 por cento.

Comments


bottom of page