top of page

Criação do Polo Cinematográfico de Maringá/PR, recebe promessa de apoio do governador Carlos Massa



O Governador do Estado do Paraná, Carlos Massa (Ratinho Junior) recebeu na quarta-feira (09.06) uma delegação de produtores de audiovisual da cidade de Maringá, que apresentou uma proposta de criação de Polo Cinematográfico na cidade.


Os produtores enfatizaram três aspectos de grande relevância na implementação do projeto.


Aspecto Econômico


A proposta pretende gerar 10.000 novos empregos diretos na região, uma vez que a média de postos de trabalho numa produção cinematográfica gira em torno de 1.000 pessoas, exemplos disso foram os filmes; “Hebe” que gerou 1.267 empregos diretos e Bacurau, média de 800.


Os filmes não tem impacto apenas em empregos diretos, a repercussão econômica é ainda maior, todos os dias serão milhares de refeições em pequenos comércios, produtos adquiridos em mercados, a rede hoteleira é impulsionada, inclusive a indústria cinematográfica que supera a indústria farmacêutica e automobilística, acaba fomentando outras indústrias como a do turismo.


Aspecto Social-Contrapartida


O projeto apresenta a proposta de contrapartida social, no qual alunos preferencialmente de baixa renda e considerados população de risco, à partir de 14 anos receberão gratuitamente formação de cinema em modalidade de contraturno com profissionais de qualificação notória, fazendo com que num período curto de 6 anos, tenhamos centenas e milhares de jovens cineastas com aproximadamente 20 anos levando o nome de Maringá além das fronteiras.


Aspecto Estético


O Polo Cinematográfico foi idealizado para ser um laboratório prático da “Teoria da Semiótica das Paixões Aplicada a Narrativa de ficção” criada pelo PhD Hermes Leal à partir de 30 anos de estudos da teoria escrita por Algirdas Greimas, e que desponta como a mais sofisticada e contemporânea teoria de cinema.


Autoridades entusiasmadas com o projeto


Durante uma hora o governador acompanhou atentamente as informações, fazendo questionamentos pontuais. A potência econômica do projeto é um destaque que não se pode negar, ainda mais em tempos de pandemia.


O deputado estadual, Dr. Batista, articulador da reunião, não esconde seu entusiasmo e engajamento com a possibilidade da geração de empregos e movimentação da economia, analisa que os impactos serão sentidos no estado inteiro.


O Governador do Estado, Carlos Massa (Ratinho Junior) manifestou total apoio ao projeto e disse que dará sequência no diálogo para analisar qual a melhor maneira que o governo pode contribuir para a concretização do Polo Cinematográfico.


Também participou da reunião a Superintendente Geral da Cultura, Luciana Casagrande, que será o contato direto do governo com a associação. Ficou acertado que nos próximos dias será encaminhado ao governo estadual uma proposta de participação concreta no projeto que será analisada com brevidade, visando otimizar as relações com os outros entes públicos municipal e federal que já apoiam a iniciativa.

Comments


bottom of page