Ao Sol das Manhãs, nova crônica do jornalista Léo Borba.



O ano de 2020 tinha boas probabilidades de dar certo. Havia esperança, desejo e plano. Mas o ano terminou em meio às cinzas do carnaval.


A partir de então, dez meses de exceção.

Os planos, como se escritos numa página de gelo, derreteram ao sol das manhãs.

A cada dia, a ausência se fazia presente.

Agora, 2020 vai embora.

Mas ficaram o desejo e a esperança.


Então, Desejo que 2021 seja completo e que a Esperança nos imunize. Feliz ano novo a todos!

© 2017 La Voga Compass

Os colunistas, jornalistas e blogueiros que são colaboradores e parceiros do Lavoga Compass, são os reponsáveis pelo conteúdo das suas publicações neste Portal