top of page

Agência da Saúde do Reino Unido comprova erro de Laboratório inglês em resultados de testes do Covid

Lavoga Exclusivo: Erro Fatal: Resultados de investigações da Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido ( UKHSA) comprovam em relatório oficial erros nos resultados de testes de COVID 19 do laboratório Immensa.


Foto : UK government


Por: Juliana Steuernagel/ UK


O laboratório de Wolverhampton foi usado para capacidade de teste adicional para o serviço NHS Test and Trace desde o início de setembro de 2021, mas o teste foi suspenso em 12 de outubro após relatos de resultados imprecisos.


Erros de funcionários do laboratório particular Immensa podem ter causado 23 mortes a mais por Covid-19.


A Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido (UKHSA) faz a afirmação em um relatório sobre erros no laboratório Immensa em Wolverhampton.


O relatório afirma que até 39.000 resultados positivos foram erroneamente relatados como negativos em setembro e outubro de 2021.


As falhas levaram a “um aumento no número de internações e mortes [hospitalares]”, concluiu o relatório publicado na terça-feira.


Milhares de pessoas, muitas no sudoeste, foram de maneira equivocada instruídas a interromper os testes depois que seus resultados foram processados ​​pela Immensa.


Especialistas da UKHSA disseram que os erros podem ter levado a até 55.000 infecções adicionais em áreas onde os falsos negativos foram relatados.


“Cada teste negativo incorreto provavelmente levou a pouco mais de duas infecções adicionais”, disse o relatório.


“Nas mesmas áreas geográficas, nossos resultados também sugerem um aumento no número de internações e mortes”.


Immensa recebeu mais de £ 100 milhões para realizar testes de Covid para o NHS durante a pandemia.


A UKHSA disse que um total de cerca de 400.000 amostras foram processadas no laboratório de Wolverhampton.





Commenti


bottom of page